quarta-feira, 9 de março de 2011

Três gerações e uma paixão: MAKE UP!!

Olá meninas, 
Hoje vim compartilhar algo bem pessoal com vocês..
A minha mãe faleceu quando eu nasci.. :( 
Ela teve uma aneurisma cerebral e não suportou o parto..
Bem.. isso já faz 37 anos.. mas sabe aquela frase: "Nunca te vi, sempre te amei" comigo acontece isso.. É inexplicável, mas eu a amo! Ela era tão linda.. vejam:

O interessante nisso tudo, é que, mesmo sem ter a minha mãe por perto, hoje percebo o quanto me pareço com ela (não digo fisicamente, quem dera!) Falo de gostos.. manias.. e outras coisas que sempre as minhas tias repetem: Como você está parecida com sua mãe! (Fico tão feliz em ouvir isso!).
Bem.. uma paixão vem seguindo três gerações: Make up!! A Sra. Maria Carmem, vulgo "Pituxinha" era hiper vaidosa.. e vivia cheia de maquiagem.. além de ser uma ótima maquiadora (fiquei sabendo disso há pouco tempo, quando fui mostrar ao meu pai uma make que eu fiz e fechei meus olhos, para que ele visse.. ele quase chorou, e disse que maquiagem era a grande paixão da minha mãe...) vai entender essa vida...
Então.. tenho a quem puxar..rs


A minha filha Carol já está com dezessete anos, e vejam como se parece com sua avó..


Quando era pequena, eu vivia correndo atrás dela, para colocar uma pulseirinha, um anelzinho, passar um brilhinho..rs 
Vivia com o cabelo bagunçado, arco virado..rs
Eu acho que era para me pirraçar.. só pode.. eu nem imaginava que aos dezessete anos seria tãão vaidosa!! Haja paleta e make para a Carol..rs (Ela gosta de tudo!..rs)

As minhas makes estão sempre reviradas..
Quem tem filha sabe bem do que eu estou falando..rs

Então é isso meninas, quis mostrar a vocês, a foto da minha filha Carol e da minha querida mãezinha, e dizer para sempre valorizarem a de vocês, pois, não sabem a falta que ela me faz...

"Nunca te vi, mas sempre te amei!"

Super beijo :*

Ana Paula - Vaidade não tem idade!!

8 Comments:

Isabel said...

A mãe do meu namorido também faleceu no parto! Ele sofreu um bocado quando a avó materna faleceu pq ficou passando pelas casas dos tios paternos, ainda era criancinha... Mas Deus é tão bom que quando o pai dele resolveu casar novamente,a mulher disse que só casaria se levassem ele pra morar junto! E ela ama o Jô como se tivesse saído de dentro dela mesmo!!! rss

Sua filha parece muito mesmo com a tua mãe!!! Vcs são lindas! Beijos.

Ana Paola said...

Querida Isabel, minha história também foi parecida com a dele.. mas não tive a sorte de arranjar uma madrasta (ou seria boadrasta?..rs)como ele.. Que bacana que ele arrumou uma mãezona querida e ainda voltou a morar com seu pai..
Obrigada pelo carinho..
Beijos!!

Claudinha said...

Aninha,tb perdi minha mãe aos 16 anos e seu a falta que uma mãe faz na vida da gente!!!!!Ms vc e a filhota se parecem demais com ela!!!!bjs

Dri said...

Ai amiga,
Você me fez chorar!!! Ainda não tinha lido esse seu post, e por concidencia fui ler logo depois de ter respondido sua TAG, e uma das perguntas é se eu já cheguei perto da morte, e eu quase morri quando tive minha filha, e lendo seu post fico imaginando o que vc sente!!! Com certeza ela olha por você!!! Pois você é uma pessoa muito iluminada!!! Apesar de nos conhecermos há tão pouco tempo tenho um carinho muito grande por você, e aos poucos vou percebendo o porquê, afinal temos muitas coisas em comum!!!

Te adoro muitão!!!
Beijos
Dri

LeaCris said...

Sua mãe era muito linda e sua beleza foi herdada a você e a sua filha! Nossa, que mãe jovem que você é! Eu comecei tarde, tive meu filho aos 36 anos. Fico imaginando como deve ser lindo ter na minha idade uma filha já adulta!
Beijos

Ana Paola said...

Puxa Claudinha, que triste.. eu não sei o que é pior.. perder a mãe como eu, e nunca conhecê-la ou conviver com ela, e depois vê-la partir..

Ana Paola said...

Dri, Eu também me emocionei quando vi essa sua resposta.. imaginei a angústia da sua família naquele momento.. Que bom que está conosco hoje e sua filhinha é uma gatinha linda e tem uma mamãe tão querida por perto! Beijos, amiga!

Ana Paola said...

Lea, um filho é sempre uma benção.. não importa a nossa idade.. ele vem trazer alegria a nossa vida, seja nos 20, 25, 30, 35....
Seu filhinho deve ser fofo.. eu amo crianças!!! Beijos!!

Postar um comentário